Portugal pode atrair mais investidores brasileiros em 2021. “Há uma nova oportunidade de migração. É um timing muito bom para o investimento residencial”.

São cada vez mais os brasileiros interessados em investir em Portugal, muitos deles para residir. É “uma nova oportunidade de migração, um timing muito bom para o investimento residencial”, defende Nuno Rebelo de Sousa, presidente da Câmara Portuguesa de São Paulo.

O responsável falava no webinar “Portugal 2021 Tendências: Investir e Morar”, organizado pelo Belas Clube de Campo e pela Câmara Portuguesa de São Paulo, um evento essencialmente destinado ao mercado brasileiro interessado em investir no nosso país.

Defende que “2021 será um ano de grande interesse pelos brasileiros por Portugal, seja para residir, seja para negócios”, destacando “um grande foco no interesse em viver no nosso país. Isso viu-se já ao longo do ano passado. Muitos mudaram-se para Portugal e experimentaram trabalhar e estudar remotamente”, testemunha.

O Belas Clube de Campo tem vindo a beneficiar desta procura. A comunidade brasileira é, aliás, a segunda maior no empreendimento depois da portuguesa. Benefícios como os “golden visa” ou o Regime de Residentes Não Habituais tem chamado as atenções dos investidores brasileiros, que “procuram um novo estilo de vida, com mais qualidade de vida, com a segurança em primeiro lugar, e Portugal oferece isso. O clima não é tão rigoroso como no resto da europa, há muitas ligações aéreas diretas para o Brasil. É um país super moderno e tecnológico, com boas infraestruturas, onde as coisas funcionam”, descreve Diogo Canha, representante do Belas Clube de Campo no Brasil. “Tudo isto com um custo de vida baixo em comparação com outras capitais europeias e mesmo com os grandes centros urbanos brasileiros”.

O responsável nota que “desde 2016, quando começamos a promover o BCC no Brasil, temos tido dois tipos de investidores: os que querem viver em Portugal, e os que procuram rendimento”. Mas ambos “já têm tendência para investir no imobiliário, nomeadamente num país com moeda forte e taxas de juro muito atrativas, num mercado onde os preços sobem de forma muito sustentável”.

Ricardo Reis, consultor especializado em investimentos imobiliários e apresentador da Infomoney, reforça que “Portugal está num momento fantástico, pandemia à parte. A segurança chama muito à atenção dos brasileiros. EUA e Europa são opção, e Portugal a melhor opção”, destacando “o clima, a cultura parecida, sistema de saúde”.

Testemunha que “a oferta e procura tem aumentado, os juros estão baixos e, com a pandemia, as pessoas procuram qualidade de vida, e procuram empreendimentos de luxo e mais espaço, como o Belas Clube de Campo. O retorno do arrendamento mantém-se também aliciante para quem quer diversificar portfólio”, explica.

Neste webinar, participaram também Gilberto Jordan, CEO do André Jordan Group; Bruno Martins, do André Jordan Group; e Ricardo Pereira, ator e embaixador do Belas Clube de Campo.

Fonte: Público


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PT
EN PT