O magnata francês Claude Berda, que promove empreendimentos imobiliários de luxo em Portugal – e parceiro de Paula Amorim na Comporta -, diz que irá manter empregos e regalias dos trabalhadores e que, se for, possível, até irá acelarar o ritmo dos trabalhos.

A Vanguard Properties, empresa imobiliária do milionário francês Claude Berda, garante que – apesar da crise provocada pelo coronavírus – irá manter todos os postos de trabalho em Portugal, bem como todas as regalias de que beneficiam os seus colaboradores.

A empresa, que é atualmente uma das que mais investe no sector imobiliário em Portugal, tem em curso vários projetos, sobretudo no segmento da habitação de luxo, avaliados em “centenas de milhões de euros”, segundo refere em comunicado divulgado esta terça-feira.

Os responsáveis pela Vanguard Properties em Portugal notam também que as obras em curso, promovidas pela empresa em diversos pontos do país, envolvem várias empresas nacionais, “nomeadamente de projeto, fiscalização, construção, banca e outros, contribuindo, direta ou indiretamente, para a manutenção dos postos de trabalho de milhares de pessoas”.

Já quanto à sustentabilidade financeira dos investimentos, a Vanguard garante que todas as obras em curso têm assegurados os capitais necessários à sua prossecução e conclusão. A empresa sublinha que o ritmo das obras se irá manter ou até acelerar, “exceto, naturalmente, quando o Governo, no atual contexto, impuser medidas que o impeçam”.

A Vanguard refere ainda que será mantida a política de pagamentos, ou seja, “pagaremos pontualmente todos os fornecimentos contratados e demais obrigações contratuais”.

Esta é a empresa que promove, entre outros empreendimentos de luxo em Lisboa, o Castilho 203, onde Cristiano Ronaldo comprou o apartamento situado no topo, por €7,2 milhões, o que faz dele o apartamento mais caro de Portugal. Trata-se de uma penthouse de 287 m2, com três suítes, spa, piscina exterior e uma vista de 360 graus sobre a cidade de Lisboa.

O milionário francês Claude Berda – dono da Vanguard Properties – é também o parceiro de Paula Amorim no projeto milionário da Comporta.

Fonte: Expresso


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PT
EN PT