Dois anos depois de ter sido vendido pela Teixeira Duarte, o Lagoas Park está prestes a mudar novamente de mãos. O fundo britânico Henderson Park Capital Partners está em negociações avançadas com a Kildare Partners, atual proprietária, também do Reino Unido, para adquirir este parque empresarial em Oeiras, no distrito de Lisboa. A notícia é avançada pelo site React News (acesso pago, conteúdo em inglês)que fala numa operação de 425 milhões de euros.

A concretizar-se por este valor, esta transação representará uma yield de quase 6% para os britânicos da Henderson Park e será uma das maiores operações do setor imobiliário do ano, explicou ao ECO uma fonte do mercado, ficando apenas atrás da venda de 50% da joint-venture Sierra Prime pela Sonae Sierra e APG à Allianz
Real Estate e Elo, por cerca de 800 milhões de euros.

O Lagoas Park é um dos maiores parques empresariais do país, com 85.000 metros quadrados, composto por 15 edifícios de escritórios, um business hotel de quatro estrelas, centros de conferências e eventos, um ginásio, restaurantes, lojas de comércio e 5.700 lugares de estacionamento. Conta ainda com um hub tecnológico que acolhe mais de uma centena de empresas como a Google (maior empresa do Lagoas Park), a Cisco, a Oracle, SAP e Dell.

Este parque empresarial foi vendido em 2018 pela Teixeira Duarte aos britânicos da Kildare Partners por 375 milhões de euros, numa altura em que a construtora avançava com um processo de venda de ativos para reduzir a dívida.

A Kildare, diz o site React News, foi fundada há quatro anos e é atualmente liderada por Ellis Short, ex-executivo da Lone Star. O ECO contactou a Curzon Advisers, uma empresa de serviços da Kildare, mas esta não quis fazer comentários.

Fonte: Ecosapo


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PT
EN PT