Marca entra em Cascais e nos Açores e terá um novo hotel no Porto. Investimentos totalizam€80 milhões.

Esta é uma fase de travagem a fundo no turismo com o surto de covid-19, mas a pandemia não parou os planos da Hilton para se expandir em Portugal. A marca hoteleira internacional decidiu este ano avançar com três novos projetos no país — no Porto, em Cascais e nos Açores —, com o objetivo de iniciar o seu desenvolvimento já a partir do próximo ano. Estes novos hotéis do grupo Hilton irão envolver investimentos na ordem dos €80 milhões.

“Este ano tem apresentado desafios únicos, mas sabemos que há uma procura pendente por viagens, e por isso estamos a reforçar o nosso compromisso em Portugal ao anunciar três novos hotéis”, salienta Simon Vincent, diretor do grupo Hilton para a Europa, África e Médio Oriente, pondo a tónica na “enorme convicção no potencial de Portugal enquanto destino de viagens em crescimento”. Segundo o responsável da Hilton a nível europeu, “estamos confiantes que mal esteja controlada a pandemia, Portugal voltará a ser uma escolha de eleição para os viajantes”.

Os três novos hotéis no país decididos este ano pela Hilton têm diferentes submarcas e vão incluir as estreias da multinacional hoteleira em Cascais e também nos Açores.

DOIS HOTÉIS, EM LISBOA E NO PORTO, A INAUGURAR EM 2021

A Hilton também tinha em curso hotéis que estavam a ser desenvolvidos em Portugal antes de ocorrer o surto epidemiológico, e prepara-se para fazer duas novas inaugurações em 2021, em Lisboa e no Porto — os destinos de cidade onde o turismo de momento é mais duramente afetado pela pandemia.

Em Lisboa, está a ser finalizado o Emerald House na Rua das Janelas Verdes, que será um Curio Collection, e no Porto o Sé Catedral Hotel Porto, marcando a estreia no país da marca Tapestry Collection by Hilton. Representando um investimento de €22 milhões, da Referência Arrojada SA, subsidiária do grupo Mercan Companies, o novo hotel no Porto vai ser gerido pela Ace Hotel Management (AHM) através de um contrato de franchising a longo termo com a Hilton. “Espera-se que ambos os hotéis recebam os primeiros visitantes no início do verão de 2021”, adianta Simon Vincent.

Relativamente aos novos hotéis decididos já durante a fase da pandemia, a Hilton projeta entrar em Cascais com um hotel Legacy, que também será um Curio Collection, localizado no centro histórico, na Avenida 25 de Abril, com abertura prevista para o verão de 2023. O hotel terá 58 quartos, a maioria dos quais com varanda virada para o mar, além de dois restaurantes, piscina e centro de fitness — e estando perto das atrações do centro de Cascais, mas também nas proximidades dos parques empresariais de Lisboa, dirige-se tanto a clientes de lazer como de negócios. O hotel vai ser gerido pela Hilton através de contrato de franchising celebrado com o grupo proprietário Reformosa, e será o terceiro hotel Curio Collection em Portugal, depois da abertura do Boeira Garden Porto Gaia em 2019 e do Emerald House que irá inaugurar em Lisboa em 2021.

A conversão de hotéis independentes em unidades de marca é uma tendência destacada pela Hilton em toda a Europa

Além de Cascais, o grupo internacional hoteleiro irá também fazer a sua estreia nos Açores com o Double Tree by Hilton Lagoa na ilha de São Miguel, cuja abertura está prevista para o início de 2022. O hotel em Lagoa irá ter 101 quartos, restaurante, piscina exterior e spa, mas também salas equipadas para eventos empresariais, prevendo a Hilton ter aqui um trunfo para o período pós-pandemia.

“Os Açores são um destino emergente e o interesse pelas ilhas está a crescer rapidamente”, faz notar o diretor da Hilton na Europa, antecipando que “assim que as viagens internacionais regressem este ímpeto pelos Açores continuará, impulsionado pela beleza natural única da região e pela crescente atividade comercial”.

A par da abertura do Hotel Sé Catedral Tapestry Collection, o grupo internacional também decidiu lançar na Invicta no próximo ano o Hilton Porto Gaia, um hotel com 194 quartos localizado na Rua de Serpa Pinto em Vila Nova de Gaia, perto das caves do vinho do Porto, uma das principais atrações turísticas da região. Com vista panorâmica sobre o rio Douro, o hotel terá um spa com mais de 900 metros quadrados e um extenso espaço para eventos, com um auditório de 356 lugares e 1688 metros quadrados de espaços para reunião, incluindo um salão de baile.

A Hilton assume estar nesta altura a fazer uma aposta especial no Porto, onde vai ter o seu segundo hotel em Portugal operado com a sua marca direta e mais emblemática, seguindo-se ao Hilton Vilamoura As Cascatas.

“A indústria hoteleira em Portugal tem sido fortemente afetada pela covid-19, como em outros países da Europa e não só”, reconhece Simon Vincent, lembrando que uma das prioridades ao longo deste ano tem sido o de garantir “um padrão constante de limpeza e desinfeção, porque sabemos que a confiança na segurança e higiene é agora o mais importante para os viajantes”.

O diretor europeu da Hilton frisa ainda que os hotéis do grupo em Portugal “ao longo da pandemia continuaram a ter um impacto positivo, nunca perdendo de vista o importante papel que desempenham nas comunidades locais”, e avança os exemplos do Hilton Vilamoura que doou mais de 3400 refeições a instituições carenciadas ou da equipa do Conrad Algarve que se mobilizou em 34 mil horas de voluntariado para ajudar causas locais.

Pondo os olhos no período pós-pandemia, o responsável europeu da Hilton avança fortes expectativas de recuperação para Portugal, onde o grupo mantém mais projetos de investimento em pipeline com vista ao seu desenvolvimento futuro. Simon Vincent destaca haver “uma tendência crescente em toda a Europa para conversões de hotéis independentes em propriedades de marca” e garante que “a Península Ibérica continua a ser um foco estratégico para o grupo Hilton”.

PORTEFÓLIO A CRESCER

€22

milhões é o investimento no Hotel Sé Catedral Porto Tapestry Collection by Hilton, que vai abrir no verão de 2021

4

hotéis opera atualmente o grupo Hilton em Portugal, sob marcas distintas: Conrad Algarve, Hilton Vilamoura As Cascatas, Boeira Hotel Porto Gaia e Double Tree by Hilton Hotel Lisboa — Fontana Park

2

inaugurações hoteleiras, no Porto e em Lisboa (Emerald House), prevê a Hilton fazer em Portugal no próximo ano

Fonte: Expresso


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PT
EN PT