O Burger King Brasil, companhia que detém o licenciamento das marcas Burger King e Popeyes no país, anunciou que doará verbas para a prevenção e controle do coronavírus.

Segundo a empresa, parte de toda a receita líquida de qualquer sanduíche vendido na rede será destinado ao SUS (Sistema Único de Saúde). Os recursos poderão alcançar até R$ 1 milhão. A companhia ainda não esclareceu como a parceria será feita.

Internamente, a rede montou um comitê para diminuir os riscos e reforçar a rotina de higiene de seus funcionários. A empresa informou que todos os restaurantes das marcas no país permanecerão funcionando normalmente.

Outras empresas têm criado iniciativas para ajudar a economia das cidades mais afetadas pelo vírus.

A Uber informou, no começo do mês, que vai remunerar por até 14 dias os motoristas e entregadores de sua rede que precisarem parar de trabalhar por causa da doença. O pagamento inclui parceiros infectados com Covid-19 que estejam em quarentena ou isolamento determinado por autoridades públicas ou recomendação médica.

EUA

Nos Estados Unidos, a Amazon anunciou a criação do “Neighborhood Small Relief Fund”, fundo de US$ 5 milhões para auxiliar pequenos estabelecimentos da cidade de Seattle que estão sendo afetados economicamente pelo coronavírus. O dinheiro doado serviria para ajudar restaurantes e cafeterias a pagar suas despesas fixas, como aluguel e funcionários.

Fonte: UOL

Acesse também a página do Burger King Brasil para maiores informações sobre como a cadeia de fast food tem atuado diante da pandemia.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PT
EN PT